Inovação em Marketing – como combinar criatividade e dados?

1024 768 Avantare
  • 0
8 de maio de 2019 Por: Odin Matos

A 29ª edição do WAW (Web Analytics Wednesday) sobre “Inovação em marketing – como combinar criatividade e dados?”, onde tivemos os seguintes participantes:

Convidados:

·         Beth Gomes – Professora da ESPM

·         Henrique Carvalho – VP de Criação da 3AW Brasil

·         Washington Cabral – Client Technical Advisor for Media & Entertainment da IBM

·         Marcos Giuntini – COO da Avantare

Tema do evento

Foi-se o tempo em que os dados e a criatividade caminhavam em calçadas opostas no marketing. Os números tinham pouca influência sobre as ideias e vice-versa. Hoje em dia, no entanto, os dados são as grandes estrelas. O uso de informações precisas permite melhorar resultados, aumentar a relevância na comunicação com os públicos, e facilitar as tomadas de decisões. O aumento da complexidade de interações da marca com o consumidor, além do surgimento constante de novos canais e tecnologias, evidencia cada vez mais a importância de ações baseadas em dados.

Marketing Orientado por Dados ocorre não só nos canais digitais e na mensuração de resultados, como também pode nortear todas as decisões da companhia – criando empresas data-driven, influenciadas pelo grande “boom” de startups que crescem a ritmos bem acelerados.E como integrar dados com criatividade? Qual o papel das grandes ideias nesse cenário? O que pode ser feito para que a comunicação seja eficiente e entendida?

Você pode assistir ao debate completo aqui!

Assista também ao 29º WAW RJ – “Inovação em marketing – como combinar criatividade e dados?”.

Veja abaixo a apresentação de aquecimento para a discussão, alguns trechos de destaque e referências bibliográficas mencionadas pelos participantes

Discussão na mesa redonda

“O caminho de aprendizagem das equipes de marketing para o uso dos dados está na aprendizagem de visualização de dados, lingua franca,  e também um pouco de estatística. Minha filha tem aulas sobre o uso de gráficos desde a creche” – Marcos Giuntini

(Pergunta da Platéia)“Como fica a criatividade mediante a rápida evolução do data driven (marketing orientado a dados)?

“Por mais que os processos estejam cada vez mais automatizados, ainda sim existem pessoas por trás de cada processo e a comunicação se renova a cada dia. Informação é imprescindível para que possamos ser criativos na medida certa. Devemos ver os dados como uma ferramenta a nosso favor, para diminuirmos as nossas chances de erro. “ — Henrique Carvalho.

(Pergunta da Platéia) “Os dados também contam histórias de forma que sozinhos sem transformá-los e visualizá-los não são nada, muitas pessoas pensam em dados como uma verdade absoluta, mas todos têm um viés, de tempo, de local, de momento que os transforma em hipóteses.”

Os dados não são tudo, é preciso olhar e analisar o contexto em que ele foi e será aplicado, e essa informação muda com frequência. A informação não é a toda poderosa do “Game of Thrones”. — Beth Gomes

(Pergunta da Platéia) “Estamos na era das hipóteses? Os dados são apenas caminhos que podemos percorrer e aplicá-los com foco direcionado, existem diversas combinações de dados que podem dar certo, o importante é analisá-los.”

Existe um desvio de foco muito grande na campanha em peças e spots, é importante frisar que nós, profissionais de comunicação e marketing, vendemos audiência e precisamos focar nela para simplificar os processos e enxergar os perfis, padrões e o descobrimento da jornada. — Washington Cabral

As mudanças que vêm ocorrendo no comportamento do consumidor, na tecnologia e na mídia estão redefinindo a natureza da criatividade no marketing. A quantificação de sucesso nessa área não é o input, quer seja essa a qualidade de um conteúdo ou de uma campanha, mas sim o valor do output, receita, lealdade ou ativismo. Os especialistas em marketing do passado pensavam como artistas, gestores e promotores. Os de hoje, precisam obrigar-se a pensar mais como inovadores e empreendedores, criando valor empresarial ao engajar toda a organização, preocupando-se com a experiência do cliente, utilizando dados para a tomada de decisões e medindo efetividade, baseada nos resultados do negócio.

Leituras recomendadas sobre inovação, inteligência e big data

Rápido e devagar: duas formas de pensar

Creative Confidence: Unleashing the Creative Potential Within Us All.

Inteligência competitiva em tempos de Big Data

V

A próxima edição do evento já está sendo desenvolvida, sempre com temas focados nas maiores discussões no universo de performance, inteligência e inovação em marketing. O evento tem como proposta reunir palestrantes e experts nos assuntos, fortalecendo a discussão sobre temas relevantes e atuais. Tudo isso, claro, em meio a um ambiente descontraído e informal onde todos podem tirar as suas dúvidas, trocar experiências e fazer networking!

Assine a nossa newsletter ou acompanhe-nos no Linkedin ou Facebook para ficar por dentro dos próximos eventos.