Mídia e Dados no relacionamento com o consumidor – Confira como foi o 30º WAW RJ

1024 768 Avantare
  • 0

A 30ª edição do WAW (Web Analytics Wednesday) sobre Mídia e Dados no relacionamento com o consumidorcontou com a presença dos seguintes participantes: Fernanda Maldonado (OLX), Diogo Pretto (Globoplay), Yuri Servulo (Grupo Soma) e Marcos Giuntini (Avantare Inteligência Digital).

Tema da 30ª edição do WAW:

Para criar uma experiência diferenciada para o consumidor, as marcas precisam orquestrar o relacionamento com os usuários a partir do uso de mídia. E isto requer uma abordagem orientada a dados, afinal, é lá onde são conhecidos os papéis de cada canal (atribuição), dispositivo, algoritmos de mídia, comportamento entre outros aspectos.

Você pode assistir ao debate completo aqui!

Assuntos discutidos no evento

  • Uso do mobile em campanhas
  • Distribuição de investimento brand vs performance
  • Ad blocking
  • Pesquisa IAB Adspend 2019
  • Uso de aplicativos na estratégia de marketing
  • Estratégias de geolocalização
  • Unificação da operação de Brand e performance
  • Uso de pesquisa quanti e qualitativa para melhoria na comunicação
  • Influenciadores
  • Email marketing
  • Integração de campanhas com sistemas de CRM (Customer Relationship Management)
  • Uso de inventário em campanhas

Veja abaixo alguns trechos de destaque mencionados pelos participantes.

Pergunta: Como você enxerga a questão da mídia e dos dados no relacionamento com o consumidor?

Existe hoje um desafio do Marketing, e no time da OLX hoje nós temos uma equipe de marketing de produto, que é a nossa ponte com o time de produtos e por onde levamos todas as dúvidas e dificuldades encontradas pelos usuários para tornar a experiência melhor em nossas plataformas – seja site ou aplicativo”, disse Fernanda Maldonado.

Se você não melhorar o produto e a experiência do usuário, não há marketing que faça milagre. Já tivemos experiências de colocar vídeos de TV no Youtube e não dá certo. Não adianta que não funciona, porque não prende, a pessoa pula o anúncio. Hoje, quando pensamos em performance, precisamos olhar para usuário e melhoria da sua experiência”, completou.

Pergunta: Como vocês tem feito essa distribuição de investimento entre branding e performance?

No Grupo Soma estamos fazendo o movimento de unificar as verbas agora. Apesar da questão na nomenclatura, tudo é performance no fim das contas. Existem métricas para se mensurar as performances de campanhas de todos os tipos, para tudo se tem um KPI. Não dá para se basear em achismo. Mas lá, especificamente, o investimento é bem maior para performance de venda, com o pessoal do e-commerce. E, no Marketing, o foco é no topo do funil. Mas, de modo geral, as marcas tem aumentado o foco no digital. No topo do funil, nosso foco é aumentar a abrangência e, consequentemente, aumentar a base do funil de vendas”, afirmou Yuri Servulo.

(veja no vídeo a discussão com os demais membros da mesa)

Pergunta: Como construo a marca com o digital?

A força da Globo com todos os seus ativos, entre eles a TV, facilita muito o trabalho. No digital temos que cativar as pessoas em seus horários de lazer (risos – um desafio). O que difere da TV é que na internet é diferente, porque você impacta as pessoas no lugar em que elas podem tomar suas decisões de fato”, disse Diogo Pretto, relembrando um caso observado em um WAW realizado em 2013, quando um representante FGV relatou números consideravelmente superiores depois de investir mais verba no digital em detrimento do offline.

(veja no vídeo a discussão com os demais membros da mesa)

Pergunta: Vivemos um momento de crise financeira, e os nossos negócios estão todos sendo repensados a partir de um cenário futuro de com crise ou sem crise. Como você está trabalhando isso em uma visão de 2020?

Sendo sincero, nós estamos ignorando esse cenário, uma vez que estamos em crescimento agressivo, exponencial e alavancado pelo digital. Se você pegar uma parcela da população de 10% ou 15% que não sofre com a crise, a gente chega num total de 20 ou 30 milhões de pessoas não afetadas. É um público gigante e maior que muitos países, com poder de compra gigante. Ainda existe um espaço de crescimento muito grande no país”, Yuri Servulo.

(veja no vídeo a discussão com os demais membros da mesa)

A próxima edição do evento já está sendo desenvolvida, sempre com temas focados nas maiores discussões no universo de performance, inteligência e inovação em marketing. O evento tem como proposta reunir palestrantes e experts nos assuntos, fortalecendo a discussão sobre temas relevantes e atuais. Tudo isso, claro, em meio a um ambiente descontraído e informal onde todos podem tirar as suas dúvidas, trocar experiências e fazer networking!

Assine a nossa newsletter ou acompanhe-nos no Linkedin ou Facebook para ficar por dentro dos próximos eventos.