O email marketing é uma das ferramentas mais assertivas e usuais para o e-commerce atualmente. Um anúncio atraente, feito na medida certa é a chave do sucesso para diversas campanhas e aumento no número de conversões.  Aprenda dicas valiosas de email marketing lendo o post a seguir!

Contudo, quando usados de forma errônea, o que seria um grande aliado se transforma em vilão e impede significativamente possíveis conversões.

Alguns erros são mais comuns geralmente pela inexperiência: a empresa de comércio eletrônico gostaria de executar uma boa campanha de e-mail, mas não possui o conhecimento suficiente sobre o tema, por exemplo.

Diante disso, esse post é elaborado com 6 dicas valiosas para acertar no email marketing e ter sucesso na sua campanha.

 

O email marketing é vital para um e-commerce.

 

  1. Tenha de consistência

Ao enviar e-mails, faça com que a sua marca seja constantemente notada. Seja através de textos, mas também de elementos visuais, você tem que lembrar aos usuários que vocês já possuem um relacionamento antigo, uma vez que os emails somente são enviados aos leads, porque previamente eles se cadastraram no newsletter do seu site.

Nesse contexto, o e-mail e a página de destino devem ser semelhantes. Um anúncio que tenha mensagens e visuais bem diferentes do site normal, certamente irá gerar dúvidas quanto a veracidade do seu conteúdo e acabará não convertendo aquele cliente potencial, como tecnicamente seria o objetivo.

Os consumidores anseiam por interações mais autênticas com as marcas, querem experimentá-las por meio de múltiplos canais e experiências multissensoriais; estão respondendo às histórias das marcas e incorporando produtos e serviços em suas vidas de uma maneira sem precedentes.

  1. Não use a segmentação

O consumidor é um cliente já conhecido que tem por costume comprar um determinado tipo de produto. Quando não é utilizado no email marketing a segmentação, onde ocorre a filtragem de quais tipos de produtos poderia potencialmente ser comprados por um lead, tendo em vista o seu histórico na loja.

Compras que poderiam ser oferecidas estrategicamente a um usuário, acabam sendo substituídas por um email modelo para todos os usuários.

O processo de segmentação requer que sejam identificados os fatores que afetam as decisões de compras dos consumidores. Requisitos para a segmentação: o seguimento deve ser identificável, mensurável, acessível, rentável e estável.

  1. Meça sempre

Monitorar os indicadores, seja por Analytics, Sharp Spring, ou qualquer outro programa de análise web com resultados bem definidos desde o começo é de suma importância para o sucesso de uma campanha.

Métricas fornecem uma visão geral da sua estratégia e dos resultados reais que sua empresa está tendo

  1. Seja mais específico quanto ao público

Quando você enviar uma oferta, o que de fato você busca dos clientes potenciais? Que tipo de CTA que você usa? Sempre tenha em mente exatamente onde eles vão chegar após o clique e o que vai acontecer, o que você vai oferecê-los. Você não pode apenas mostrar a porta, fale também o que eles vão encontrar, caso decidam abrí-la.

Você não pode apenas mostrar a porta, fale também o que eles vão encontrar, caso decidam abrí-la.

  1. Dê atenção ao texto da sua propaganda

Um texto de boas vendas é capaz de vender um produto ou serviço por si só, sem soluções gráficas. Claro que normalmente é uma vantagem no caso de uma loja on-line se você anexar uma imagem para a oferta.

No entanto, caso você aplique grandes princípios de persuasão, com estruturas textuais previamente estudadas e escolhidas, esses recursos podem incentivar a compra sem hesitação.

Um texto persuasivo pode ser assertivo na decisão de uma compra.

  1. Valorize o conteúdo e não somente a venda

Não envie ofertas aos seus leads “somente por enviar” porque todas as outras lojas de varejo também enviam. O objetivo desse artifício é realmente fazer com que o consumidor abra o e-mail e possa se interessar por aquele determinado conteúdo.

Por isso, a segmentação é tão importante. Mandar ofertas, por exemplo, dos últimos produtos vistos por uma pessoa, de itens na sua lista de desejo ou que foram adicionados ao seu carrinho, mas não foram comprados são estratégias mais assertivas de venda.

Ações também como promover um produto inconscientemente, que seja internalizado e desejado em um blog, vídeo ou em um dos seus canais nas redes sociais, também pode ser divulgado no e-mail.

Vendas, vendas e mais vendas! isso nunca pode sair do foco da equipe do marketing.

Gostou do post? Deixe um comentário com sua opinião. Assine a nossa newsletter e receba toda semana conteúdos sobre Web Analytics e Otimização de conversão.

 [contact-form-7 404 "Não encontrado"]

 Fonte: Aion Hill

Tag: , , ,

Google Marketing Platform Certified
Google Analytics Google ADS Google Tag Manager Google Optimize Google Data Studio Firebase

Somos uma empresa certificada pela Google em Analytics há 8 anos, desde 2012. Temos ampla experiência em inteligência de dados e métricas digitais, com mais de 50 projetos bem sucedidos em grandes empresas.

Precisa de ajuda ou quer saber mais? Entre em contato conosco e siga nossas redes sociais.

[email protected]
+55 (21) 4141-3315
+55 (21) 4141-3312