Um aplicativo móvel é uma ferramenta de negócios poderosa. Se você deseja que as pessoas gastem seu tempo em seu aplicativo, é vital entender o que está funcionando e o que não está, para que você possa melhorar a experiência dos usuários de seu produto e, consequentemente, aprimorar e colher excelentes resultados. 

Usuários móveis passam em média de quatro a cinco horas por dia em aplicativos — isso dá às empresas muitos dados potenciais para trabalhar. 

Neste post, abordaremos alguns dos indicadores-chave de desempenho (KPIs) críticos para APPs, para que você consiga realizar uma otimizada análise no Google Analytics, entendendo as métricas de desempenho e potencializando seus benefícios. 

Rastreamento de Aplicativos Móveis vs Rastreamento de Site

É essencial entender como o rastreamento de apps se difere do rastreamento de sites, aqui estão alguns pontos chave: 

1. As análises de sites medem visualizações de página, enquanto as análises móveis medem visualizações de tela;

2. A jornada de uso dos apps é diferente dos sites, porque requerem instalação e ficam guardadas no celular do usuário. Existe então um incentivo à reutilização, com objetivo de fidelizar o público;

3. As análises de sites usam cookies para identificar usuários, enquanto as análises móveis dependem de ID de usuário exclusivo 

Diferenças entre Rastreamento de Aplicativos Móveis e Desktop

Enquanto o rastreamento de aplicativos móveis e desktop compartilha semelhanças em seu objetivo de monitorar e entender o comportamento do usuário, há distinções significativas a serem consideradas:

-Ambientes de Uso: Os usuários interagem de forma diferente com aplicativos móveis e desktop. Enquanto os aplicativos móveis são frequentemente utilizados em movimento e em contextos mais pessoais, os desktops são geralmente usados em ambientes de trabalho ou domésticos.

-Comportamento do Usuário: O comportamento do usuário pode variar entre dispositivos. Por exemplo, os usuários de aplicativos móveis podem ter expectativas diferentes em termos de rapidez e simplicidade de navegação, enquanto os usuários de desktop podem valorizar mais recursos detalhados e complexos.

-Experiência de Navegação: A experiência de navegação também difere entre dispositivos. Os aplicativos móveis tendem a ter interfaces mais simplificadas e otimizadas para telas pequenas, enquanto os aplicativos de desktop podem explorar layouts mais expansivos e recursos avançados.

A importância das análises desde a concepção até o crescimento

O desempenho técnico e de marketing de um APP depende de análises e métricas. Mesmo se você construir um produto mínimo viável (PMV), o acesso às métricas de análise de aplicativos o ajudará a torná-lo mais econômico, além de  permitir obter insights valiosos, incluindo feedback, classificações, etc.

Takeaway points

Por meio das estratégias de análise detalhadas acima, é possível obter uma compreensão abrangente do desempenho do seu aplicativo em ambas as plataformas. No entanto, além de interpretar os dados brutos, é crucial extrair insights significativos que possam guiar o aprimoramento contínuo e o sucesso futuro do aplicativo. Nesse sentido, destacamos três takeaway points fundamentais:

-Personalização da Experiência do Usuário: Reconheça as diferenças no comportamento e nas expectativas do usuário em dispositivos móveis e desktop para personalizar a experiência do usuário em cada plataforma de forma eficaz;

-Otimização Contínua: Mantenha-se atento às tendências e mudanças no comportamento do usuário em ambas as plataformas e ajuste suas estratégias de acordo para otimização de processos, visando um retorno abrangente;

-Integração de Dados: Integre dados de análise de aplicativos móveis e desktop para obter uma visão englobada do comportamento do usuário em todas as plataformas e criar estratégias de negócios mais abrangentes.

Ao reconhecer e compreender as diferenças entre o rastreamento de aplicativos móveis e de desktop, você pode melhorar sua capacidade de atender às necessidades e expectativas dos usuários em cada plataforma, impulsionando assim o sucesso geral do  seu negócio.

Rastreamento de Métricas para Apps

Analisar os resultados de aplicativos móveis é essencial para entender seu desempenho e orientar estratégias de melhoria contínua. Ao categorizar os KPIs em Métricas de UX e Desempenho, Métricas de Engajamento e Métricas de Receita, podemos obter uma visão abrangente do aplicativo e tomar decisões informadas para impulsionar seu sucesso, priorizando a experiência do usuário, o engajamento e a geração de receita.

Algumas métricas que requerem atenção especial incluem o rastreamento de receita, tamanho médio do pedido, custos de aquisição de clientes, taxa de retenção, downloads e satisfação do usuário.

Integrar o Google Analytics 4 à sua estratégia de análise de aplicativos móveis oferece uma visão abrangente do comportamento dos usuários e do desempenho do aplicativo. Ao combinar o GA4 com outras ferramentas de análise móvel, como Firebase e Smartlook, as empresas podem construir insights detalhados sobre o desempenho e o comportamento dos usuários, permitindo tomar decisões informadas para melhorar a experiência do usuário e impulsionar o sucesso do aplicativo.

Embora o processo de coleta e avaliação de dados comece após o lançamento, você precisa pensar sobre análises antes de desenvolver seu aplicativo ou executar campanhas de marketing. Tenha em mente que muitas das decisões cruciais tomadas na fase de desenvolvimento são baseadas em expectativas de desempenho do ponto de vista comercial. Na indústria de aplicativos móveis, as métricas de desempenho podem ser divididas em 3 categorias:

– Métricas de UX e desempenho

– Métricas de KPI de engajamento

– Métricas de receita

Todas elas são igualmente importantes para o seu ROI (retorno sobre o investimento) ao longo de um período específico.

Métricas de UX e desempenho

As métricas de experiência do usuário são medidas quantitativas e qualitativas que ajudam a avaliar a qualidade da interação entre os usuários e um produto ou sistema. Essas métricas são essenciais para entender como os usuários estão interagindo com o seu produto e identificar áreas de melhoria na experiência geral.

As métricas de desempenho de aplicativos móveis são cruciais para o fornecimento de dados relacionados ao desempenho técnico do seu aplicativo.Essas métricas permitem que você e sua equipe de desenvolvimento melhorem seu aplicativo do ponto de vista técnico.

Com essas métricas, você poderá identificar problemas de desempenho no aplicativo que, de outra forma, passariam despercebidos. Isso inclui carregamento lento, bugs ou problemas com o layout.

Alguns exemplos de métricas de UX incluem:

1. Velocidade de carregamento: Refere-se ao tempo que leva para o aplicativo ou site carregar completamente.  Por exemplo, a velocidade de carregamento pode ser medida em milissegundos, onde um tempo de carregamento mais rápido é crucial para manter os usuários engajados. Uma velocidade de carregamento mais rápida geralmente leva a uma melhor experiência do usuário, pois os usuários podem acessar o conteúdo mais rapidamente.

2.Dispositivos e sistemas operacionais: Mede a facilidade com que os usuários podem realizar tarefas específicas dentro do aplicativo ou site. Indicam quais dispositivos são mais populares entre os usuários, permitindo otimizar a compatibilidade do aplicativo. Isso pode ser avaliado por meio de testes de usabilidade, avaliações de especialistas ou feedback dos usuários.

3.Taxa de conversão:  Indica a porcentagem de usuários que realizam uma ação desejada, como fazer uma compra ou preencher um formulário. Uma alta taxa de conversão geralmente indica uma boa experiência do usuário, enquanto uma baixa taxa pode sugerir problemas de usabilidade ou design.

4.Taxa de retenção de usuários, resolução de tela: Refere-se à proporção de usuários que continuam a usar o aplicativo ou site ao longo do tempo. Uma alta taxa de retenção indica que os usuários estão satisfeitos com a experiência e estão retornando regularmente.

Identificar e corrigir esses problemas pode levar a uma experiência de usuário aprimorada e, consequentemente, a uma maior retenção e engajamento.

Como analisá-las

Ao avaliar o desempenho de seu aplicativo, é crucial não apenas entender as métricas de UX e desempenho, mas também saber como analisar esses dados de forma inteligente e proativa. A adaptação de ferramentas de análise é essencial nesse processo, especialmente considerando as nuances entre plataformas como dispositivos móveis e desktop. Além disso, é fundamental levar em consideração o contexto de uso ao interpretar os dados.

Adaptação de Ferramentas de Análise: Utilize ferramentas de análise que sejam específicas para cada plataforma. Por exemplo, para aplicativos móveis, o Firebase e o Google Analytics são opções populares, enquanto o Google Analytics padrão pode ser mais adequado para análise de desktop.

– Consideração do Contexto de Uso: Ao interpretar os dados, leve em conta as diferenças no contexto de uso entre dispositivos. Por exemplo, métricas como tempo de sessão podem ser mais curtos em dispositivos móveis devido ao uso em movimento, enquanto em desktops podem ser mais longos.

Testes A/B Específicos para Plataforma: Realize testes A/B específicos para cada plataforma para entender como diferentes alterações afetam o comportamento do usuário nos diferentes aparelhos. 

Análise de Métricas para impulsionar sucesso do seu APP

É fundamental entender e analisar os indicadores-chave de desempenho (KPIs). Ao categorizar os KPIs em três principais áreas – Métricas de UX e Desempenho, Métricas de Engajamento e Métricas de Receita – podemos obter visões de aprimoramento para a experiência do usuário e, como consequência, impulsionar o crescimento do aplicativo.

Métricas de UX e Desempenho

Essas métricas fornecem dados sobre o desempenho técnico do aplicativo e a experiência do usuário, como por exemplo, a velocidade de carregamento que pode ser medida em milissegundos, em que um tempo de carregamento mais rápido é um fator importante para manter os usuários engajados

Além de ferramentas como Firebase e Smartlock, o Google Analytics 4 (GA4) desempenha um papel fundamental na análise de métricas de UX e desempenho. Por meio da ferramenta “Velocidade do Site”, o GA fornece dados sobre o tempo de carregamento das páginas, identificando áreas que podem exigir otimização. Além disso, permite rastrear eventos específicos que indicam interações dos usuários com o site, fornecendo insights sobre a facilidade de uso.

Um exemplo é a possibilidade de configurar o GA4 para rastrear cliques em botões ou preenchimento de formulários para avaliar a experiência do usuário. 

Dispositivos e sistemas operacionais indicam quais aparelhos são mais populares entre os usuários, permitindo otimizar a compatibilidade do aplicativo. Relatórios de falhas auxilia no detalhamento dos erros encontrados pelos usuários, como travamentos frequentes, que afetam negativamente a experiência do usuário.

Métricas de Engajamento

Essas métricas caracterizam como os usuários interagem com o seu aplicativo e incluem duração e profundidade da sessão. Por exemplo, uma alta taxa de retenção de usuários indica que seu aplicativo está mantendo os usuários voltando regularmente. A  taxa de duração e profundidade da sessão avalia a quantidade de tempo que os usuários passam no aplicativo e quantas telas visitam por sessão. A taxa de churn, por outro lado, representa a porcentagem de usuários que desinstalaram o aplicativo, o que pode indicar problemas de usabilidade ou falta de valor percebido.

O GA4 também é uma ferramenta valiosa para rastrear métricas de engajamento e receita. Ele fornece informações sobre usuários ativos diários, semanais e mensais, permitindo entender o engajamento destes ao longo do tempo. 

Ele também permite rastrear metas e eventos para medir a taxa de conversão e retenção dos usuários de seu APP, bem como a receita gerada por objetivos ou eventos específicos

Métricas de Receita

Ao analisar as métricas de receita, é fundamental considerar o valor que cada usuário traz para o aplicativo. Uma dessas métricas-chave é a Receita Média por Usuário (ARPU), que oferece uma visão do valor médio gerado por cada usuário ativo. Compreender o ARPU ajuda a avaliar o desempenho financeiro do aplicativo e a identificar oportunidades para aumentar a receita por meio de estratégias direcionadas.

Além disso, o Tempo até a Primeira Compra é um indicador importante que revela a rapidez com que os usuários estão convertendo de simples instaladores para clientes pagantes. Esse período crítico após a instalação pode influenciar diretamente a estratégia de retenção de clientes em seu APP, destacando a importância de proporcionar uma experiência positiva desde o início.

Outro aspecto crucial é a Taxa de Conversão, que mensura a eficácia do aplicativo em transformar usuários em clientes pagantes. Essa métrica oferece insights sobre a jornada do usuário, identificando pontos de fraqueza que podem estar impedindo a conversão e orientando a otimização das estratégias de marketing e vendas.

Portanto, as métricas de receita são cruciais para avaliar o sucesso financeiro do aplicativo e impulsionar um crescimento e evolução financeira do seu negócio a longo prazo. Por exemplo, a receita média por usuário pode ser calculada dividindo a receita total pelo número de usuários ativos. O tempo até a primeira compra indica quanto tempo leva para os usuários fazerem uma compra após a instalação do aplicativo. Uma taxa de conversão alta indica uma forte capacidade do aplicativo de transformar usuários em clientes pagantes.

Métricas do Google Analytics 4 e suas aplicações

O GA4 oferece uma variedade de métricas que podem fornecer insights valiosos sobre o comportamento dos usuários do seu produto. Vamos examinar algumas das métricas mais importantes e como interpretá-las:

-Usuários Ativos e Total de Usuários: Entender a diferença entre usuários ativos e total de usuários é essencial para uma análise precisa do desempenho do seu aplicativo. O GA4 fornece métricas como DAU (Daily Active Users), MAU (Monthly Active Users) e WAU (Weekly Active Users) para ajudar você a entender o engajamento dos usuários ao longo do tempo.

-Taxa de Conversão e Retenção: Métricas cruciais para avaliar a eficácia do seu aplicativo e para transformar os usuários em clientes pagantes e manter os usuários engajados ao decorrer do tempo. O GA4 permite rastrear eventos específicos que indicam interações dos usuários com o aplicativo, fornecendo dados que permitem a facilidade de uso e a eficácia das estratégias de marketing.

-Eventos Automáticos do GA4: O GA4 coleta automaticamente uma variedade de eventos, como app_remove, app_clear_data e app_update. Esses eventos podem fornecer informações a respeito do comportamento dos consumidores, como taxa de desinstalação e frequência de atualizações do aplicativo, permitindo que você identifique áreas de melhoria e otimize a experiência dos seus usuários.

O GA4 oferece ferramentas poderosas para análise de dados, como relatórios personalizados e segmentação avançada, que permitem que você identifique padrões e tendências significativas do seu negócio. Ao integrar o Google Analytics 4 à sua estratégia de análise de aplicativos, você pode obter uma visão abrangente do comportamento dos usuários e do desempenho do aplicativo. 

Quando se faz uma análise de métricas de forma inteligente, você pode identificar áreas de melhoria e tomar decisões informadas para otimizar a experiência do usuário e aumentar os resultaos de sucesso do seu aplicativo.

Dicas para Analisar Aplicativos

-Defina metas claras para cada categoria de KPIs e acompanhe regularmente seu progresso;

-Utilize ferramentas de análise compatíveis com a arquitetura do seu aplicativo para coletar e analisar dados de forma eficaz;

-Crie painéis de controle de rastreamento para visualizar e interpretar os KPIs de forma fácil e rápida;

-Esteja preparado para ajustar suas estratégias com base nos insights obtidos das análises de KPIs, priorizando melhorias na experiência do usuário, engajamento e geração de receita. Uma ferramenta de análise abrangente incluirá dados demográficos, relatórios de falhas, mapas de calor e gravações de sessão para fornecer uma compreensão abrangente de como os usuários interagem com seu APP.

 

 

 

Referências:

https://www.appsflyer.com/blog/measurement-analytics/app-kpis/

https://www.smartlook.com/blog/top-15-most-important-mobile-app-kpis-to-measure-the-performance/

 

Esse post foi publicado em junho de 2024

Tag: , , , , ,

Comentários estão fechados.

Conteúdos Relacionados

Fim dos cookies: desvende todos os mistérios

  O fim dos cookies de terceiros é uma mudança significativa no cenário digital. No entanto, essa transição tem gerado diversas dúvidas e preocupações. Portanto, vamos desvendar os 5 principais mitos sobre o fim dos cookies de terceiros e fornecer uma visão clara sobre como você deve se preparar para essa nova era, com dois...

Leia mais

Potencialize seus resultados no GA4 com a melhor implementação do mercado

23 dicas infalíveis para superar suas metas de crescimento  Será que você está realmente aproveitando tudo o que o Google Analytics 4 tem a oferecer?  Você já sabe que o Google Analytics 4 (GA4) é a ferramenta ideal para para auxiliar na obtenção de insights a partir de análise de informações de comportamento de usuário...

Leia mais

Google Analytics 4: Guia Completo para E-Commerce

Durante anos, a plataforma Universal Analytics do Google tem sido o padrão do setor para analisar resultados de sites e é uma das ferramentas mais importantes de qualquer profissional de marketing digital de sucesso para aprimorar sua presença on-line e segmentação de público. E agora, o que aconteceu com o o lançamento do GA4? O...

Leia mais

A Avantare é parceira oficial da Google em Analytics há mais de 10 anos, com todas as certificações para gerar resultados. Somos uma empresa certificada desde 2012 em todos os produtos Google Marketing Platform.

Precisa de ajuda ou quer saber mais? Entre em contato conosco e siga nossas redes sociais.

contato@avantare.com.br
+55 (21) 4141-3315
+55 (21) 4141-3312

Olá! Preencha os campos abaixo
para iniciar a conversa no WhatsApp

Sair da versão mobile