Fim dos cookies: desvende todos os mistérios

O fim dos cookies de terceiros é uma mudança significativa no cenário digital. No entanto, essa transição tem gerado diversas dúvidas e preocupações. Portanto, vamos desvendar os 5 principais mitos sobre o fim dos cookies de terceiros e fornecer uma visão clara sobre como você deve se preparar para essa nova era, com dois guias exclusivos para APPs e Site.

 

Mito 1: A publicidade programática de display deixará de funcionar

A publicidade programática não deixará de existir. Na verdade, o mercado está se adaptando com novas soluções que não dependem de cookies de terceiros. Tecnologias como a segmentação contextual, que exibe anúncios com base no conteúdo da página em vez do histórico do usuário, continuarão a evoluir e a fornecer resultados eficazes.

 

Mito 2: Todos os cookies e soluções de atribuição baseadas em cookies estão condenados

Apenas os cookies de terceiros estão sendo eliminados. Cookies Frist-Party e Second-Party , que são criados e compartilhados por empresas que têm um relacionamento direto com o usuário, continuarão a funcionar. Esses cookies são essenciais para estratégias de marketing personalizadas e para a coleta de dados consentidos diretamente dos usuários.

 

Mito 3: Os consumidores não estão dispostos a fornecer seus dados às empresas

Não é bem assim! Muitos consumidores estão dispostos a compartilhar seus dados se houver uma troca de valor clara. Pesquisas indicam que 80% dos clientes estão dispostos a fornecer informações pessoais quando percebem benefícios tangíveis, como ofertas personalizadas, experiências melhoradas ou conteúdo relevante. Desse modo, é válido utilizar essa estratégia na sua empresa após eliminar os cookies de terceiros.

 

Mito 4: O fim dos cookies de terceiros significa o fim da personalização

A personalização não acabará com o fim dos cookies de terceiros. Pelo contrário, haverá uma mudança para o uso de dados próprios (first-party data). Sua empresa pode coletar dados diretamente de seus clientes, como informações de preferências, histórico de compras e interações no site, permitindo uma personalização ainda mais precisa e relevante.

 

Mito 5: A medição e atribuição de campanhas será impossível sem cookies de terceiros

Novas soluções e metodologias surgiram para substituir a medição baseada em cookies de terceiros. Ferramentas como o Google Analytics 4 estão equipadas para lidar com a análise de dados próprios, oferecendo insights valiosos sobre o comportamento do usuário e a eficácia das campanhas, sem depender de cookies de terceiros.

 

Preparando-se para o futuro

Compreender e desmistificar esses mitos é essencial para se preparar para o futuro sem cookies de terceiros. 

A transição para uma era focada em privacidade e dados próprios pode ser uma oportunidade para fortalecer o relacionamento com os clientes e inovar nas estratégias de marketing, sem contar que priorizar a segurança dos dados e a privacidade de usuários é fundamental para que você esteja em dia com as leis e não sofra punições, como multas. 

Ao adotar uma abordagem proativa e explorar novas tecnologias, sua empresa estará pronta para navegar com sucesso neste novo cenário digital.

 

Realizando a Transição dos Cookies

 

Princípios básicos

 

No cenário digital atual, as empresas coletam e utilizam diferentes tipos de dados para aprimorar operações, personalizar experiências e orientar decisões. São tantas informações que às vezes nos esquecemos do básico. Esta é uma visão geral dos principais tipos de dados:

 

Observed Data: Informações coletadas diretamente por meio de observações do comportamento do usuário, como hábitos de navegação ou histórico de compras.

First-Party Data: Dados coletados diretamente por uma organização de seus clientes por meio de interações com seus produtos ou serviços.

Second-Party Data: Informações que uma organização obtém diretamente de outra, normalmente entre parceiros ou entidades com acordo mútuo.

Third-Party Data: Dados coletados por entidades sem ligação direta ao usuário ou ao serviço prestado, agregados de várias fontes e usados para campanhas de marketing mais amplas e análises de tendências.

Walled Garden: Plataformas onde o acesso aos dados do usuário é estritamente controlado pelo proprietário da plataforma, como Google e Facebook.

 

Impactos das alterações nos cookies

As consequências do fim dos cookies de terceiros podem ser divididas em três níveis de acordo com a presença dessa forma de tagueamento na sua empresa:

 

Baixo impacto: Se você avalia a eficácia das campanhas publicitárias diretamente em um serviço de publicidade, poderá continuar trabalhando como antes. Nesse caso, a ausência dos cookies de terceiros não afeta significativamente suas operações, pois a medição e a otimização das campanhas permanecem internas ao serviço de publicidade utilizado.

  

Médio impacto: Se você trabalha com campanhas dentro de walled gardens, como Google e Facebook, o impacto será maior. As campanhas nesses ambientes serão direcionadas com base em métricas coletadas a partir das próprias campanhas, em vez de dados dos usuários. As informações estarão disponíveis na conta de publicidade no nível de segmento, o que pode limitar a granularidade das análises, mas ainda permitirá a execução eficaz das suas campanhas.

  

Alto impacto: Se você utiliza análises avançadas para avaliar campanhas publicitárias, combinando atividades dos usuários em diferentes pontos de contato, o impacto será significativo. Empresas que dependem de segmentos de público e relatórios entre dispositivos, integrando ações dos usuários antes de enviá-los aos serviços de publicidade, sentirão uma mudança drástica. A ausência dos cookies de terceiros exigirá novas abordagens para rastreamento e análise, visando sempre a precisão e a eficácia das campanhas.

 

Como verificar como as alterações nos cookies afetarão seu site

Recomendamos que você utilize ferramentas como painéis de análise para determinar qual parcela de sua receita está em risco, comparando a participação de novos usuários no Safari e em outros navegadores.

 

Passo a passo de Descontinuação em sites

1.Audite seus cookies de terceiros:

Comece identificando todos os cookies de terceiros que seu site utiliza. Ferramentas de análise e rastreamento podem ajudar a mapear esses cookies e entender quais serviços dependem deles. Realize uma auditoria completa para identificar todas as ferramentas de análise, scripts de publicidade e quaisquer outros serviços que dependem desses cookies.

 

2.Teste a remoção de cookies de terceiros:

Realize testes de quebra para entender como a remoção dos cookies de terceiros afetará seu site. Desative esses cookies e observe o impacto nas funcionalidades do site, desempenho de campanhas publicitárias e experiência do usuário. Isso ajudará a identificar áreas críticas que precisam de ajustes.

 

3.Colete e utilize dados próprios:

Comece a coletar dados diretamente dos seus usuários por meio de interações no site, inscrições em newsletters e programas de fidelidade. Use essas informações para personalizar a experiência do usuário e melhorar suas campanhas de marketing.

 

4.Adote tecnologias alternativas:

Considere tecnologias como IDs universais, cookies particionados (CHIPS) e a API Storage Access. CHIPS (Cookies Having Independent Partitioned State) permite que cookies sejam particionados por domínio, oferecendo uma solução mais segura e privada. Avalie a implementação dessas tecnologias para continuar a fornecer uma experiência personalizada sem comprometer a privacidade dos seus usuários. A API Storage Access permite solicitar acesso ao armazenamento de cookies de seu site quando necessário, mantendo a funcionalidade essencial que depende desses dados.

 

5.Migre para ferramentas de análise modernas:

Utilize Google Analytics 4, ferramentas de CRM avançadas e plataformas de CDP (Customer Data Platform) para centralizar e analisar dados próprios. Essas plataformas oferecem insights valiosos sobre o comportamento do usuário.

 

 

6.Eduque e engaje seus usuários:

Comunique-se de forma transparente sobre as mudanças na coleta de dados e os benefícios que eles podem obter. Consumidores bem informados são mais propensos a compartilhar dados voluntariamente.

 

7.Monitore e ajuste continuamente:

Estabeleça práticas de monitoramento contínuo para avaliar o desempenho das novas estratégias e esteja pronto para fazer ajustes conforme necessário para garantir a eficácia das campanhas e a satisfação dos usuários.

 

 

Passo a Passo de Descontinuação para Apps

 

1.Audite seus Trackers e SDKs de terceiros:

   Comece identificando todos os trackers e SDKs de terceiros que seu aplicativo utiliza. Ferramentas de análise de tráfego e rastreamento podem ajudar a mapear esses elementos e entender quais serviços dependem deles. Realize uma auditoria completa para identificar todas as ferramentas de análise, scripts de publicidade e quaisquer outros serviços que dependem desses SDKs.

 

2.Teste a remoção de Trackers e SDKs de terceiros:

   Desative esses trackers e SDKs e observe o impacto na funcionalidade do aplicativo, desempenho de campanhas publicitárias e experiência do usuário. Isso ajudará a identificar áreas críticas que precisam de ajustes antes da transição final.

 

3.Colete e utilize dados próprios:

   Comece a coletar dados diretamente dos seus usuários por meio de interações no aplicativo, inscritos em newsletters e programas de fidelidade. Use essas informações para personalizar a experiência do usuário e melhorar suas campanhas de marketing.

 

4.Adote tecnologias alternativas:

   Considere tecnologias como IDs universais, identificadores próprios e soluções baseadas em consentimento explícito. Avalie a implementação dessas tecnologias para continuar a fornecer uma experiência personalizada sem comprometer a privacidade dos seus usuários.

 

5.Migre para ferramentas de análise modernas:

   Utilize ferramentas de análise de dados que sejam compatíveis com a coleta de dados próprios e respeitem a privacidade dos usuários. Ferramentas como Firebase Analytics, que oferece integração com Google Analytics 4, podem ser uma alternativa eficaz.

 

6.Eduque e engaje seus usuários:

   Comunique-se de forma transparente sobre as mudanças na coleta de dados e os benefícios que eles podem obter. Utilize notificações in-app e atualizações de política de privacidade para manter os usuários informados.

 

7.Monitore e ajuste continuamente:

   Estabeleça práticas de monitoramento contínuo para avaliar o desempenho das novas estratégias e esteja pronto para fazer ajustes conforme necessário para garantir a eficácia das campanhas e a satisfação dos usuários.

 

 

 

Esse post foi publicado em julho de 2024

Tag: , , , , , , , , ,

Comentários estão fechados.

Conteúdos Relacionados

Google Marketing Platform Certified
Google Analytics Google ADS Google Tag Manager Google Optimize Google Data Studio Firebase

A Avantare é parceira oficial da Google em Analytics há mais de 10 anos, com todas as certificações para gerar resultados. Somos uma empresa certificada desde 2012 em todos os produtos Google Marketing Platform.

Precisa de ajuda ou quer saber mais? Entre em contato conosco e siga nossas redes sociais.

contato@avantare.com.br
+55 (21) 4141-3315
+55 (21) 4141-3312

Olá! Preencha os campos abaixo
para iniciar a conversa no WhatsApp

    Ao informar meus dados, eu concordo com a Política de Privacidade.