Durante anos, a plataforma Universal Analytics do Google tem sido o padrão do setor para analisar resultados de sites e é uma das ferramentas mais importantes de qualquer profissional de marketing digital de sucesso para aprimorar sua presença on-line e segmentação de público. E agora, o que aconteceu com o o lançamento do GA4?

O Google Analytics 4, a versão mais recente do Google Analytics, oferece alguns novos recursos excelentes para comércio eletrônico. É uma ferramenta poderosa para monitorar e analisar o tráfego; ele ajuda você a saber como as pessoas usam seu site, de onde vêm, o que fazem e assim por diante.

Ao aprender a usar o Google Analytics 4, você pode tomar melhores decisões sobre seu negócio de comércio eletrônico, como quais produtos vender, como comercializá-los e onde investir seus recursos para obter o melhor retorno sobre o investimento. Além disso, você pode usar os dados do Google Analytics para acompanhar seu progresso ao longo do tempo e ver quais estratégias de marketing estão funcionando bem e quais precisam ser melhoradas.

Neste artigo, veremos os 10 principais benefícios do Google Analytics para comércio eletrônico e como você pode começar a usá-lo para levar sua empresa ao próximo nível.

Por que Google Analytics 4?

O Google Analytics 4 apresenta vários novos recursos e melhorias, incluindo modelagem de eventos baseada em aprendizado de máquina, rastreamento aprimorado entre plataformas, criação de parâmetros e métricas personalizados, fornecimento de dados analíticos e suporte para o Google BigQuery.

O Google Analytics 4 promete muito como uma grande atualização para uma ferramenta já essencial para webmasters e profissionais de marketing digital. Talvez a mudança mais significativa no Google Analytics 4 seja a mudança de um modelo baseado em exibição de página para um modelo baseado em evento. Isso significa que, em vez de simplesmente rastrear exibições de página, o Google Analytics 4 agora pode rastrear várias interações do usuário, como cliques de botão ou exibições de vídeo.

Essa mudança do Google Analytics fornece dados mais granulares que podem ser usados ​​para entender melhor o comportamento do usuário. Além disso, o Google Analytics 4 também inclui rastreamento aprimorado entre dispositivos, permitindo relatórios mais precisos sobre os usuários que acessam seu site a partir de vários dispositivos. Por fim, o Google Analytics 4 integra-se ao Google BigQuery, facilitando a execução de consultas complexas nos dados do seu site.

Google Analytics 4 x Universal Analytics

O Universal Analytics é a versão anterior do Google Analytics. Ainda é amplamente utilizado por webmasters e profissionais de marketing digital, mas a plataforma está constantemente sendo atualizada com novos recursos.

Uma das principais diferenças entre eles é que o Universal Analytics usa um modelo baseado em exibição de página, enquanto o Google Analytics 4 usa um modelo baseado em eventos. Isso significa que o Universal Analytics rastreia visualizações de página, enquanto o Google Analytics rastreia interações do usuário. O Google Analytics 4 foi projetado para funcionar com sites e aplicativos móveis. Por outro lado, o Universal Analytics concentra-se apenas nos dados do site, e é por isso que o Google Analytics 4 usa um novo modelo de dados flexível baseado em eventos em vez de exibições de página. Isso permite um rastreamento mais granular das interações do usuário e define dimensões personalizadas.

Outra diferença entre as duas plataformas é que o Universal Analytics não inclui rastreamento entre dispositivos, enquanto o Google Analytics sim. Isso significa que, se um usuário acessar seu site de vários dispositivos, você poderá ver isso nos dados do Google Analytics, mas não nos dados do Universal Analytics. Ele mostrará apenas as visualizações de página do dispositivo que o usuário estava usando quando visitou seu site pela primeira vez.

Por fim, o Google Analytics se integra ao Google BigQuery, enquanto o Universal Analytics não. Isso significa que você pode executar consultas complexas nos dados do seu site com o Google Analytics, mas não com o Universal Analytics. Por exemplo, você pode querer saber quantas pessoas adicionaram um produto ao carrinho, mas não o compraram. Com o Google Analytics, você pode encontrar facilmente esses dados executando uma consulta no BigQuery. Mas com o Universal Analytics, você precisaria exportar dados brutos para uma planilha e filtrá-los manualmente para encontrar as informações que procura.

Então, quais são os benefícios de usar o Google Analytics em vez do Universal Analytics? Primeiro, vamos dar uma olhada em algumas das principais vantagens.

Guia Completo: Principais vantagens de usar o Google Analytics 4 para seu comércio eletrônico

1. Interface de usuário atualizada que facilita o uso e a navegação

O Google Analytics 4 tem uma interface de usuário atualizada que facilita o uso e a navegação. Além disso, a interface inclui recursos como visualização de mapas para dados geográficos e relatórios baseados em aprendizado de máquina para Google Ads.

O Google Analytics 4 permite que você colete dados de várias plataformas, incluindo web, aplicativos móveis e dispositivos IoT. Isso também é chamado de rastreamento multiplataforma e é uma vantagem importante de usar o Google Analytics em vez do Universal Analytics, pois pode entender o comportamento do usuário. Isso facilita a obtenção de uma visão consolidada da jornada do cliente em todos os pontos de contato, não apenas para os usuários do site.

2. Integração perfeita com o Google Ads

O Google Analytics oferece integração perfeita com o Google Ads. Isso significa que você pode ver o desempenho de suas campanhas do Google Ads e fazer alterações de acordo. Além disso, você pode criar listas de remarketing no Google Analytics e segmentar esses usuários com anúncios relevantes no Google Ads.

O Google Analytics também permite que você crie relatórios e painéis personalizados para sua loja de comércio eletrônico. Isso é extremamente útil se você deseja rastrear KPIs específicos ou comparar dados ao longo do tempo

3. Insights preditivos sobre como os clientes interagem com a loja, o que estão comprando e como melhorar a experiência deles

O rastreamento de comércio eletrônico é uma parte vital do uso do Google Analytics 4 para coleta de dados e permite que você veja quais produtos estão vendendo bem e quais precisam ser melhorados. Em essência, o Google Analytics 4 fornece ainda mais insights usando seu fluxo de dados da web, permitindo que você veja o que os clientes estão comprando e como você pode melhorar a experiência deles. Além disso, o Google Analytics pode ajudá-lo a rastrear o valor da vida útil do cliente (lifetime value) e a taxa de churn.

4. Identifique usuários únicos em todos os dispositivos.

Como o Google Analytics 4 pode combinar aplicativos móveis com dados da web, ele pode identificar usuários únicos em todos os dispositivos. Isso é extremamente útil para empresas de comércio eletrônico, pois você pode segmentar esses usuários com anúncios e campanhas de marketing relevantes. Esse recurso pode ajudá-lo, pois permite rastrear como os usuários interagem com seu site ou aplicativo e direcionar para suas necessidades. É essencialmente um software de rastreamento para entender seu mercado, pois permite que você veja onde estão localizados, seus interesses na loja e até que valor possuem. Essas informações ajudam a configurar o público-alvo em uma campanha publicitária e a entender o envolvimento dos usuários.

5. Rastreie eventos e conversões de aplicativos para dispositivos móveis

Você também pode usar o Google Analytics para rastrear eventos e conversões de aplicativos para dispositivos móveis. O rastreamento desses eventos permite que você veja quais ações os usuários estão realizando e como isso afeta suas metas de negócios. Por exemplo, talvez você queira acompanhar quando os usuários adicionam um produto ao carrinho ou fazem uma compra. Por meio do rastreamento de eventos, você pode ver quais recursos são mais usados ​​e fazer alterações para melhorar a experiência do usuário.

Além de coletar dados, o Google Analytics também pode rastrear conversões de comércio eletrônico, como adicionar um produto a um carrinho de compras ou concluir uma compra. Esses dados são extremamente valiosos para entender quais mídias contribuem para os resultados e onde os clientes estão caindo na jornada do cliente.

6. Recursos de relatórios aprimorados que permitem acompanhar o desempenho de suas vendas ao longo do tempo e compará-lo com referências do setor

Suponha que você esteja procurando uma maneira de acompanhar seu desempenho de vendas e compará-lo com os benchmarks do setor. Nesse caso, você ficará feliz em saber que o Google Analytics 4 agora inclui recursos de geração de relatórios aprimorados e relatórios personalizados. Agora ele pode acompanhar o desempenho de sua loja de comércio eletrônico ao longo do tempo, o que pode ser extremamente útil para detectar tendências e fazer alterações para melhorar suas vendas. Os relatórios personalizados também permitem rastrear KPIs específicos importantes para o seu negócio.

7. HUB de Análise: O que, por que e como

O Analysis Hub é um dos recursos mais importantes do Google Analytics 4 (GA4). É uma coleção de técnicas de análise avançada que ajudam você a descobrir insights mais profundos sobre o comportamento de seus clientes e ir além dos relatórios padrão para ajudá-lo a descobrir insights mais profundos sobre o comportamento de seus clientes.

Na versão anterior do Google Analytics, você tinha vários relatórios enlatados com capacidade limitada para criar relatórios e análises usando relatórios personalizados. No Google Analytics 4, você encontrará o Analysis Hub, que é uma interface muito mais poderosa e rica em recursos que ajuda você a realizar análises mais profundas, além de fornecer uma maneira de criar relatórios personalizados para atender às necessidades de seus usuários. Com o Analysis Hub, você pode:

  1. Realizar rapidamente consultas ad hoc usando uma das várias técnicas de análise;
  2. Aplicar vários estilos de visualização à sua análise;
  3. Alternar facilmente entre as técnicas para encontrar o insight e a visualização certos;
  4. Pesquisar os dados para encontrar insights mais profundos;
  5. Criar segmentos e públicos para usar em sua análise;
  6. Usar filtros e segmentos para se concentrar nos dados mais relevantes para você;
  7. Exportar os dados de análise para uso em outras ferramentas.

8. Crie funis personalizados

Os funis personalizados são um novo recurso do Google Analytics 4 que permite que você veja os caminhos de seus clientes conforme eles interagem com sua empresa. Isso pode ser extremamente valioso para entender como seus esforços de marketing estão funcionando e onde pode haver oportunidades de melhoria.

Os funis personalizados permitem que você veja a taxa de conversão geral e a taxa de conversão de cada etapa do funil de vendas ou das jornadas do usuário. Isso ajudará você a identificar onde os clientes estão desistindo e fazer as alterações necessárias.

Além disso, funis personalizados podem ser usados ​​para rastrear como diferentes canais (como pesquisa paga, e-mail ou social) contribuem para as conversões. Essas informações podem ajustar seus esforços de marketing e garantir que você aproveite ao máximo seu orçamento.

9. Configuração do acompanhamento de vários domínios

Se você possui vários domínios (como um site e uma loja online), agora pode configurar o rastreamento entre domínios no Google Analytics. Isso permitirá que você veja a jornada completa que seus clientes fazem ao interagir com sua empresa, independentemente do domínio em que estejam.

O acompanhamento de vários domínios é essencial para entender as fontes de tráfego, como seus clientes interagem com sua empresa e garantir que você atribua as conversões corretamente. Sem o acompanhamento de vários domínios, talvez você consiga ver apenas parte da jornada do cliente, levando a informações e dados imprecisos.

10. Exporte dados brutos do Google Analytics 4 para o BigQuery

O BigQuery é uma ferramenta poderosa que permite analisar grandes conjuntos de dados. Com a capacidade de exportar dados brutos do Google Analytics, agora você pode aproveitar os recursos avançados do BigQuery para obter insights ainda mais profundos sobre o comportamento do seu cliente. Para fazer isso:

Acesse a guia Admin no Google Analytics 4 e selecione a conta, a propriedade e a vista da propriedade da qual deseja exportar os dados.

Clique em “Exportação de dados” e selecione “BigQuery” como destino. Você poderá escolher quais dados deseja exportar e com que frequência deseja que a exportação ocorra.

Depois de fazer suas seleções, clique em “Confirmar” e seus dados começarão a fluir para o BigQuery.

Exportar seus dados para o BigQuery é uma ótima maneira de obter mais insights sobre o tráfego do seu site e como os usuários interagem com ele. Isso é muito útil no rastreamento de e-commerce e na compreensão da jornada do comprador.

Esse post foi publicado em janeiro de 2023

Tag: , , , ,

Comentários estão fechados.

Conteúdos Relacionados

Otimize seu app com Google Analytics 4

Um aplicativo móvel é uma ferramenta de negócios poderosa. Se você deseja que as pessoas gastem seu tempo em seu aplicativo, é vital entender o que está funcionando e o que não está, para que você possa melhorar a experiência dos usuários de seu produto e, consequentemente, aprimorar e colher excelentes resultados.  Usuários móveis passam...

Leia mais

A Avantare é parceira oficial da Google em Analytics há mais de 10 anos, com todas as certificações para gerar resultados. Somos uma empresa certificada desde 2012 em todos os produtos Google Marketing Platform.

Precisa de ajuda ou quer saber mais? Entre em contato conosco e siga nossas redes sociais.

contato@avantare.com.br
+55 (21) 4141-3315
+55 (21) 4141-3312

Olá! Preencha os campos abaixo
para iniciar a conversa no WhatsApp

Sair da versão mobile